Programação completa do “Encontro de Acessibilidade Comunicacional em Pernambuco”.

Evento marca o dia da luta internacional da pessoa com deficiência, reunindo profissionais renomados para uma semana repleta de palestras, mesas-redondas, debates e curso.

         O dia internacional da luta da pessoa com deficiência, 03 de dezembro, ganha nova comemoração no Recife. A VouVer Acessibilidade preparou para este ano o primeiro Encontro de Acessibilidade Comunicacional em Pernambuco, que vai de 02 a 07 de dezembro. Coordenado pela atriz, audiodescritora e gestora da VouVer, Andreza Nóbrega, o evento tem como objetivo principal ser um espaço para sensibilização, reflexão, formação e troca de experiências nas áreas de artes, cultura, educação e inclusão.

          Além de contar com intensa programação gratuita de palestras, debates, mesas-redondas, exibição de filme com tecnologias assistivas, o encontro vai promover curso pago de “Audiodescrição para produtos culturais”, com Letícia Schwartz (RS). As atividades acontecerão no auditório do Centro de Artesanato de Pernambuco, na TV Universitária e no Instituto de Cegos do Recife, e as inscrições podem ser feitas através do preenchimento do seguinte  formulário:

https://docs.google.com/forms/d/1OsRgUjYA1STsMXVBz4EOm9p-QehaILMnvvdf6kwHsZk/edit

           No dia 03, a mesa de abertura “Acessibilidade Comunicacional: direito à arte, à cultura e à informação” dará início ao evento, e terá como convidados o promotor de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Maxwel Vignolli, o representante do “Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Viver Sem Limite”, Anderson Tavares, e o gerente de Cultura do Sesc Pernambuco, José Manoel Sobrinho. Também estão confirmadas as presenças do formador de audiodescritores e professor da UFPE, professor Francisco Lima, que falará sobre aspectos técnicos da áudio-descrição, e da pesquisadora Vera Lúcia Santiago (UECE), que participará de mesa-redonda sobre a acessibilidade para pessoas surdas. O dia será concluído com a pauta “Desafios e possibilidades das tecnologias assistivas nos produtos audiovisuais”, com a participação de Andreza Nóbrega (VouVer Acessibilidade) e da audiodescritora Letícia Schwartz (RS). Toda a programação será acessível, acompanhada por intérprete de libras e por audiodescritor.

        Já na quinta-feira, 05 de dezembro, o evento promove a exibição do premiado filme “Antes que o mundo acabe”, da cineasta Ana Luiza Azevedo, e contará com os recursos da audiodescrição e da legendagem. Após a sessão, será realizado um debate com a presença de Letícia Schwartz e Gabriel Schmitt, sócios da Mil Palavras Acessibilidade Cultural (RS), que vão relatar a experiência de utilização de tecnologias assistivas na película.

       Letícia também será a ministrante do curso “Audiodescrição para produtos culturais”, para os que querem iniciar ou se capacitar na área. O curso abordará a questão da inclusão cultural de pessoas com deficiência visual através da audiodescrição, que consiste na técnica de tradução em palavras de toda e qualquer imagem necessária à compreensão do conteúdo audiovisual por parte de pessoas que estejam definitiva ou temporariamente impossibilitadas de ver. Os alunos terão acesso aos conceitos de definição da cegueira e baixa visão, a atividades práticas, ao estudo de diretrizes da técnica, ao contato direto com o público de pessoas com deficiência visual, entre outros. A inscrição custa R$ 400,00 e as vagas são limitadas.

Programação:

03 de dezembro, no auditório do Centro de Artesanato de Pernambuco (Av. Alfredo Lisboa, s/n, Bairro do Recife – ao lado do marco zero):

8h – Credenciamento / Coffee Break

9h – Mesa de abertura “Acessibilidade Comunicacional: direito à arte, à cultura e à informação”, com Maxwel Vignolli (MPPE), Anderson Tavares (Viver Sem Limites- Governo Federal), José Manoel (SESC – PE), e mediação de Roberto Cabral (MPPE);

10h15 – “Tecnologias assistivas: ferramentas de inclusão que visam transformar pessoas com deficiência em simplesmente pessoas”, com Milton Carvalho (UNICAP);

11h – “Aspectos técnicos da áudio-descrição: problema de formação ou escolha tradutória?”, com Francisco Lima (UFPE);

11h45 – “Em estúdio: aspectos técnicos da audiodescrição gravada”, com Gabriel Schmitt (Mil Palavras/RS)

12h30 – Intervalo para almoço

14h – Mesa- redonda “Acessibilidade comunicacional para pessoas surdas”, com Vera Lúcia Santiago (UFCE), Thiago Albuquerque (CESAR) e mediação de Ernani Ribeiro (UPE).

15h15 – Mesa-redonda “Audiodescrição nos produtos audiovisuais: desafios e possibilidades”, com Andreza Nóbrega (VouVer Acessibilidade/PE); Letícia Schwartz (Mil Palavras/RS) e mediação de Milton Carvalho (Unicap).

05 de dezembro, no Instituto de Cegos do Recife (R. Guilherme Pinto, 146 – Derby, Recife – PE, 52010-210) –

14h – Exibição do filme “Antes que o mundo acabe”, com recurso de audiodescrição e legendagem, seguida de debate com Letícia Schwartz, Gabriel Schmitt e mediação de Andreza Nóbrega.

De 02 a 07 de dezembro, no auditório da TV Universitária (Av. Norte, 68, Santo Amaro. Recife – PE. CEP: 50040-200.) – Curso “Audiodescrição para produtos culturais”.

De 02 a 06 de dezembro (segunda a sexta) – 18h às 22h

07 de dezembro (sábado) – 8h às 13h e 14h às 19h

 

Curta nossa página do Facebook VouVer Acessibilidade e acompanhe as novidades.

 

Mais informações:

www.vouveracessibilidade.com.br 

vouveracessibilidadepe@gmail.com

Andreza Nóbrega, coordenadora do evento –  (81) 96169216

Marcella Malheiros, assessoria de imprensa – (81) 98150285