Inscrições encerradas Turma Garanhuns (PE) Curso de Acessibilidade Comunicacional em Pernambuco

A VouVer Acessibilidade realiza, através do FUNCULTURA, o curso “Acessibilidade comunicacional nas artes” em Garanhuns. Após ter passado pela cidades de Recife e Petrolina, o projeto chega em Garanhuns. Assim como nas outras cidades, o curso aprofundará o estudo das práticas inclusivas no universo artístico. Os encontros, que terão 60 horas de duração, acontecerão no Centro de Produção Cultural- Sesc  a partir do dia  18 de novembro, durante duas semanas. As inscrições estão abertas de 21 de outubro a 10 de novembro e será cobrada uma taxa única de matrícula no valor de R$50.

O curso vai discutir conceitos e práticas inclusivas envolvendo pessoas com deficiência no universo das artes em geral, como teatro, dança, circo, artes visuais e as aplicabilidades da audiodescrição, libras, braille, fontes ampliadas, entre outras tecnologias assistivas. Além disso, serão apresentadas ações inovadoras no campo da acessibilidade comunicacional que possam estimular a experimentação e o desenvolvimento de novas estratégias de mediações inclusivas na cena artística.

Os temas trabalhados contemplam diversas áreas de formação, como produtores, artistas, arte-educadores, gestores culturais, pedagogos, historiadores, monitores e interessados em arte e acessibilidade em geral, maiores de 18 anos. Para Andreza Nóbrega, coordenadora da VouVer Acessibilidade, o fato da acessibilidade passar a ser um dos critérios de pontuação de alguns editais de financiamento, faz com que o tema tenha que ser aprofundado em outras esferas: “-O curso tem como princípio trabalhar os afetos e a empatia por meio do convívio, do mergulho teórico e prático no campo da acessibilidade, buscando promover as transformações necessárias para a criação de ambientes/relações permeados pelas diferenças”, diz Andreza.

Além de Andreza, mestre em educação inclusiva, licenciada em artes cênicas e especialista em audiodescrição, as aulas serão conduzidas por outros 3 ministrantes: Igor Rocha, especialista em educação para surdos, graduado em letras/libras; Marcelo Pedrosa, arquiteto que realiza projetos que dialogam a acessibilidade arquitetônica com a comunicacional e Milton Carvalho, graduado em publicidade, consultor em audiodescrição e professor e revisor de braille.

Curso de “Acessibilidade comunicacional nas artes” em Garanhuns (Turma única, todos os dias especificados abaixo)

Primeira semana: 18 a 22 de novembro 18h-22h
Segunda semana: 25 a 29 de novembro 18h-22h
Final de semana: 30 de novembro e 01 de dezembro (8h-18h)

Local: Centro de Produção Cultural- SESC (Rua Manoel Clemente, nº136, Centro, Garanhuns, PE)

EMENTA

Discussão sobre o conceito do desenho universal, das barreiras atitudinais e dos tipos de acessibilidade, com enfoque na acessibilidade comunicacional e na aplicabilidade das tecnologias assistivas nas artes.

OBJETIVO GERAL:

  • Refletir sobre os conceitos norteadores da acessibilidade comunicacional no universo das artes para promoção de práticas inclusivas envolvendo a diversidade humana nas instâncias do refletir, do fazer e do fruir;

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

  • Compreender o conceito de inclusão e suas aplicabilidades nas artes e no teatro na perspectiva da inclusão social;
  • Reconhecer o panorama histórico do universo da pessoa com deficiência;
  • Refletir sobre os parâmetros do desenho universal nas produções culturais;
  • Ofertar dicas de convivência com pessoas com deficiência;
  • Apresentar as principais tecnologias assistivas relacionadas ao universo das artes;
  • Impulsionar provocações poéticas a partir das tecnologias assistivas;
  • Estimular a criação de um plano de ação para promover a acessibilidade comunicacional em projetos envolvendo as artes e/ou espaços culturais da região.

PÚBLICO ALVO: artistas, arte-educadores, produtores culturais, gestores culturais, pedagogos, historiadores, monitores e interessados em geral.

CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO
O certificado de participação do curso será assinado pela VouVer Acessibilidade, promotora da ação e entregue aos participantes que tiverem 75% ou mais de presença no curso.

INSCRIÇÕES 

Acesse o link, preencha o formulário e efetue o pagamento através de transferência bancária ou depósito.

INSCRIÇÕES ENCERRADAS| https://forms.gle/V7sycnKNd7GPHzz98

PERÍODO DE INSCRIÇÃO: INSCRIÇÕES ENCERRADAS| 21 de outubro a 10 de novembro ou ou até o limite de vagas sejam preenchidas.

PRÉ–REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO: Ser maior de 18 anos e interesse pela área de produção cultural e/ou prática artística nas artes.

VALOR DA INSCRIÇÃO (taxa única): R$ 50,00 (cinquenta reais) – realizados através de transferência bancária ou depósito em conta corrente.

Dados da Conta Bancária para efetuar o pagamento:

VouVer Produções LTDA ME

CNPJ: 15.272.943/0001-40 

Santander

AG:4154

CC:130021306

Para efetivar sua inscrição é preciso que envie o comprovante de transferência eletrônico ou de depósito bancário para o e-mail: vouverencontro@gmail.com com as seguintes informações:

Assunto: Pagamento de inscrição – Curso de Acessibilidade

Corpo do e-mail:

Nome Completo do inscrito:

Contato: e-mail e telefone

Anexo com o devido recibo de pagamento.

A confirmação da inscrição será realizada após análise de seu e-mail com os dados descritos acima.

Obs.: As vagas são limitadas e preferenciais à ordem de inscrição, sujeitas à confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

SOBRE OS PROFESSORES

E-flyer de divulgação do corpo docente do curso de Acessibilidade Comunicacional nas Artes em Garanhuns. Imagem com filtro amarelo. À direita a foto de Andreza Nóbrega segurando um microfone a frente da boca, com o corpo voltado para esquerda. Ela tem a pele clara, cabelos lisos, pretos e longos. Usa uma blusa clara. na margem superior, formas geométricas da identidade visual do projeto: cinco triângulos em amarelo, rosa, e verde e um losango roxo. À esquerda, abaixo, em letras roxas "Andreza Nóbrega". Mais abaixo, em letras roxas, a logo da Vouver e abaixo "Curso Acessibilidade Comunicacional nas Artes".

Andreza Nóbrega| Doutoranda em Teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC com pesquisa envolvendo a pedagogia do teatro, a inclusão e a formação de espectadores. É  mestre em educação com enfoque na Educação Inclusiva (UFPE), especialista em audiodescrição (UFJF),  graduada em Licenciatura em Educação Artística, com habilitação em Artes Cênicas (UFPE).  É atriz, audiodescritora, professora da rede pública de ensino e produtora cultural.  Colaboradora da VouVer Acessibilidade, é idealizadora de ações formativas e inclusivas, nos projetos: Encontro de Acessibilidade Comunicacional em Pernambuco, Experiri Lab de Artista, Cine Às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível e do Cineclube VouVer Filmes.

E-flyer de divulgação do corpo docente do curso de Acessibilidade Comunicacional nas Artes em Garanhuns. Imagem com filtro rosa. À direita a foto de Milton Carvalho com o rosto levemente virado para a esquerda com a boca entreaberta. Ele tem a pele branca, cabelos curtos e pretos, usa óculos escuros e blusa lisa. Sobrepostos a imagem, na lateral direita, há formas geométricas da identidade visual o projeto: três triângulos amarelos, um losango e triângulo, rosas. Na margem superior esquerda, em letras roxas "Milton Carvalho". Na margem inferior, à esquerda, em letras roxas, a logo da Vouver e abaixo "Curso Acessibilidade Comunicacional nas Artes".

Milton Carvalho| Graduado em comunicação social com habilitação em publicidade e propaganda pela Universidade Católica de Pernambuco; é servidor da Universidade do Vale do São Francisco (Univasf) onde atua na função de revisor de textos em Braille; é consultor em acessibilidade com enfoque em tecnologias assistivas e em áudio-descrição com experiência em formação de áudio-descritores e  em tradução visual de diversos produtos audiovisuais como filmes e documentários, exposições fotográfica e escultura, teatro, dança, ópera, entre outras manifestações artísticas, eventos acadêmicos e outros eventos ao vivo, livros, etc.

E-flyer de divulgação do corpo docente do curso de Acessibilidade Comunicacional nas Artes em Garanhuns. Imagem com filtro lilás . À direita a foto de Marcelo Pedrosa que tem pele branca, está sério e usa óculos de grau e camisa preta. Sobrepostos a blusa, há formas geométricas da identidade visual do projeto: um quadrado rosa e triângulos amarelos e rosa claro. À esquerda, em letras amarelas, "Marcelo Pedrosa". Na margem superior esquerda, em letras brancas, a logo da Vouver e abaixo "curso Acessibilidade Comunicacional nas Artes".

Marcelo Pedrosa| É surdo, bilíngue e usuário do implante coclear. É arquiteto e urbanista, em foco da adequação de acessibilidade ao meio físico, mestre em desenvolvimento urbano e, atualmente, trabalha como analista em desenvolvimento urbano da Prefeitura da Cidade do Recife. Trabalha também como consultor de legendagem para surdos e ensurdecidos e, finalmente, é idealizador e ativista da campanha “Legenda para quem não ouve, mas se emociona!”

E-flyer de divulgação do corpo docente do curso de Acessibilidade Comunicacional nas Artes em Garanhuns. Imagem com filtro verde claro. À direita a foto de Igor Rocha, um homem de pele branca. Ele está sorridente e usa óculos e camisa florida. Sobrepostos a blusa, há triângulos rosa, amarelo e verde e um quadrado rosa. À esquerda, em letras roxas, "Igor Rocha". Na margem superior esquerda, em letras brancas, a logo da Vouver e abaixo "curso Acessibilidade Comunicacional nas Artes".

Igor Rocha| Graduado em Letras Libras no UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina e polo de UFPE – Universidade Federal de Pernambuco, pós graduação especialização em LIBRAS no Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC – Bilíngue, concursado e professor de LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais, na UNEAL – Universidade Estadual de Alagoas e Consultor de LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais nas diversas linguagens artísticas.

Realização: VouVer Acessibilidade.

Incentivo: Funcultura, Fundarpe, Secretaria de Cultura, Governo de Pernambuco.

Apoio: Sesc

Produção: RiMa Empreendimentos Criativos

Produção local: Elias Mouret

Mais informações: vouverencontro@gmail.com