Espetáculo MACHUCA, coletânea de histórias que discute a violência de gênero com audiodescrição e Libras

Machucar. Ferir, magoar, pisar. Esmagar um corpo com o peso ou dureza de outro. Um outro que espetaculariza a morte de Eliza Samudio, apedreja Dandara dos Santos no meio da rua, ignora a vida de Severina, estuprada pelo pai. O outro que alimenta a repetição de padrões, que assedia oito vezes num trajeto de quinze minutos, o outro do racismo, Do machismo cotidiano que sufoca, leva a exaustão. Machuca: o novo espetáculo da Trupe Ensaia Aqui e Acolá, que estreia nesta sexta-feira (19), às 20h, no Teatro Capiba, Sesc de Casa Amarela.

Dirigido por Ceronha Pontes, Machuca é uma coletânea de histórias que discute a violência de gênero a partir de história vivenciadas por mulheres de classes sociais e experiências diversas. As atrizes Andrea Rosa, Iara Campos e Juliana Montenegro revezam-se no palco para contar casos com grande repercussão midiática e também relatos anônimos, experiências de mulheres que carregam as cicatrizes das várias formas de violências produzidas por uma sociedade patriarcal, racista e machista.

O espetáculo será apresentado em curta temporada, no Teatro Capiba, no Sesc Casa Amarela. Os ingressos para o teatro estão à venda na bilheteria do Sesc, nos dias de espetáculo, e também aqui nesta página. Três apresentações terão tradução em libras e uma delas terá audiodescrição, com o intuito de expandir a acessibilidade do espetáculo.

Apresentações com Libras: Dias 20 e 21 (sábado, 20h e domingo, 19h) e 26 (sexta), 20h.
Apresentação com audiodescrição: Dia 27 (sábado), 20h.

Machuca foi contemplado pelo Prêmio Funarte de Teatro Miriam Muniz 2015, concebido pelo governo federal.

Serviço:

Machuca no Teatro Capiba
Dias  20 e 21 e 25, 26 e 27
Sextas e sábados às 20h
Domingos às 19h

E-flyer retangular na vertical de fundo roxo é composto por três mãos de diferentes cores que estão abertas e se unem em sobreposição. A mão rosa está parcialmente sobre a laranja que se sobrepõe parcialmente na mão amarela. A intercessão do encontro das mãos originam outras tonalidades de cor. Na margem superior, em branco e em maiúsculas o título Machuca". Em tamanho menor as informações: Teatro Capiba/Sesc de Casa Amarela. Rua prof. José dos Anjos, n 1190. Apresentação com Libras 20 e 21 (sábado e domingo) e 26 (sexta). Apresentação com audiodescrição 27(sábado). Ingresso: 20 reais, inteira. !0 reais, meia. Abaixo as logos da audiodescrição e da Libras. Na margem inferior, as logos: Realização “Trupe Ensaia Aqui e Acolá”. Apoio “Sesc e VouVer Acessibilidade”. Realização Funarte, Ministério da Cultura, Brasil Governo Federal.