Espetáculo Cão sem Plumas, de Deborah Colker, terá estreia nacional com audiodescrição da VouVer Acessibilidade.

Nove homens com os corpos cobertos de lama rolam sobre um chão de terra rachada, craquelada.

Nove homens com os corpos cobertos de lama rolam sobre um chão de terra rachada, craquelada.

A dança do espetáculo tem um tom de crítica social, assim como o poema do qual deriva, e coloca para reflexão a pobreza dos ribeirinhos e a relação do homem com a natureza. Os bailarinos se cobrem de lama e seus passos evocam a movimentação dos caranguejos. Para desenvolver o conceito de bicho-homem Deborah partiu não apenas de manifestações artísticas locais, como o maracatu e o coco, mas de outras danças e ritmos populares, como o jongo e o kuduro. As apresentações acontecem nos dias 03 e 04 de junho, no Teatro Guararapes, Centro de Convenções.

A VouVer Acessibilidade fará a audiodescrição nos doias dias e será composta por Andreza Nóbrega, Danielle França e Leonard Sousa.

 

SERVIÇO
Cão sem plumas, da Cia. de Dança Deborah Colker
Quando: 3 de junho (sábado), às 21h e 4 de junho (domingo), às 20h
Onde: Teatro Guararapes – Centro de Convenções, s/n, Olinda
Ingresso: Plateia: R$ 120 e R$ 60 (meia) para o setor 1, R$ 100 e R$ 50 (meia) para o setor 2 e R$ 80 e R$ 40 (meia) para o setor 3; Balcão: R$ 50 e R$ 25 (meia), à venda na bilheteria, nas lojas Chili Beans e no site Bilheteria Digital
Informações: 3182-8020 (produção do evento)