CINECLUBE VOUVER FILMES, COM AUDIODESCRIÇÃO, FAZ ÚLTIMA SESSÃO NESTA QUARTA

Quarta-feira, 05 de outubro, acontece a última sessão do Cineclube VouVer Filmes. Nos últimos meses, foram exibidos filmes, entre curtas e longas, todos com recurso de audiodescrição, em que, mês a mês, uma temática guiava os filmes exibidos.

Com curadoria de Amanda Ramos, a sessão de outubro traz como tema o “Imaginário” e serão exibidos os curtas “Até o sol raiá”, de Fernando Jorge e Leandro Amorim, “Assombrações do Recife Velho – Outro Lobisomem”, de Adelina Pontual, “A menina do algodão”, de Daniel Bandeira e Kleber Mendonça Filho, e “Calma Monga, Calma!”, de Petrônio de Lorena. A sessão começa às 11h, no auditório do Instituto dos Cegos de Pernambuco (R. Guilherme Pinto, 146 – Graças, Recife – PE).

O projeto tem incentivo do Funcultura, através da FUNDARPE e Governo de Pernambuco, e é uma realização da VouVer Acessibilidade.

Sobre os filmes:

Até o sol Raiá (PE)
Direção: Fernando Jorge e Leanndro Amorim
Ani, 11min, 2007
SINOPSE: Até o sol raiá é um conto de fantasia e de celebração ao imaginário nordestino. Personagens criados por um artesão em barro ganham vida própria e agitam uma pacata vila sertaneja numa noite de festa. Animado em 3D, o curta-metragem funde a tradição do artesanato em barro com o cangaço, numa referência a dois ícones da cultura do Nordeste.

Assombrações do Recife Velho – Outro Lobisomem (PE)
Direção: Adelina Pontual
Fic, 5min, 2000
SINOPSE: Baseado na história contada no livro de Gilberto Freyre, narradas em off por um locutor.

A menina do algodão (PE)
Direção: Daniel Bandeira e Kleber Mendonça Filho
Fic, 7min, 2002
SINOPSE: A lenda da garotinha morta que aterrorizou crianças nas escolas do Recife, nos anos 70.

Calma Monga, Calma! (PE)
Direção: Petrônio de Lorena
Fic, 19min, 2011
SINOPSE: Psicopata misteriosa chama a atenção da polícia e do jornalismo investigativo através de ataques simiescos aos varões da sociedade recifense.

SERVIÇO

Cineclube VouVer Filmes
ENTRADA GRATUITA
Às 11h, no Auditório do Instituto dos Cegos de Pernambuco
(R. Guilherme Pinto, 146 – Graças, Recife – PE)