A “VouVer Acessibilidade” ganha prêmio de destaque pelas ações desenvolvidas na área da inclusão no estado de Pernambuco

MICROFOFONE BRAILLE ANO 6- VAMOS CELEBRAR: DESTAQUE PARA O TRABALHO REALIZADO PELA “VOUVER ACESSIBILIDADE”

A VouVer Acessibilidade, coordenada por Andreza Nóbrega, foi agraciada pelas ações inclusivas que vem desenvolvendo ao longo dos anos com o segmento da pessoa com deficiência. A homenagem aconteceu na 6º edição do Referendo Microfone Braille.

Fotografia colorida de Andreza Nóbrega ao lado de Domingos Sávio.Ela tem cabelos lisos e longos na altura das costas, está com microfone e aparelho receptor da audiodecrição. Ela sorri e segura à placa com as duas mãos. À esquerda dela, Domingos. Ele é magro, tem sobrancelhas e bigode grossos. Usa camisa de mangas compridas azul clara e calça social preta.

Fotografia colorida de Andreza Nóbrega ao lado de Domingos Sávio.Ela tem cabelos lisos e longos na altura das costas, está com microfone e aparelho receptor da audiodecrição. Ela sorri e segura à placa com as duas mãos. À esquerda dela, Domingos. Ele é magro, tem sobrancelhas e bigode grossos. Usa camisa de mangas compridas azul clara e calça social preta.

O Microfone Braille surgiu em 2009, no ano em que se comemorou em todo mundo o Bicentenário do nascimento de Louis Braille, criador do sistema de leitura e escrita para cegos. Alguns comunicadores de rádio se reuniram na cidade de Cubatão, São Paulo, para referendar este feito.  Domingos Sávio Muniz da Fonseca, Radialista DRT Nº 34512 S.P., criara, o Referendo Microfone Braille. Atualmente, Domingos Sávio é o grande militante que faz o evento acontecer.

O evento tem como objetivo reconhecer as entidades, pessoas e serviços que dedicam esforços na valorização das pessoas com deficiência no Brasil e na criação de políticas públicas voltadas ao segmento. A cerimônia de entrega da placa de homenagem aconteceu (18/09), no Instituto de Cegos Antônio Pessoa Queiroz, nas Graças. E contou com mais de 200 pessoas do segmento.

Na ocasião, a VouVer Acessibilidade realizou o serviço de audiodescrição para as pessoas com deficiência visual, assim todos puderam usufruir do que acontecia no palco e nos bastidores do evento.